terça-feira, 22 de junho de 2010

Coisas do Mundinho
O que cesta, tapetes e lápis tem em comum?


Criar, tecer e tramar.
A arte dos artesões,
mãos que criam beleza.
Simples filetes de bambus tramados,
viram cestas.
Fios de texturas e cores diferentes,
tecidos em teares ou agulhas,
eis o colorido mágico dos tapetes.
Gravetos, ceras e pigmentos,
e lápis que encantam pelas formas simples e rústicas são criados.
Criações de mãos habilidosas desses mágicos artesões!

A arte das tramas
Os lápis, presente do Sandro.
Tapetes e cesto,
comprinhas de final de semana.




4 comentários:

  1. Oi Tato,adorei os lapis ,os tapetes nem se fala são uma beleza.
    Beijo Lu

    ResponderExcluir
  2. Tato_ tu és um poeta também! que post lindo!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tato! Cheguei aqui pelas mãos da Lu, do Clama que estou com pressa. Adorei e coloquei teu blog na minha listinha dos blogs bacanas. Esses lápis no cesto estão lindos e o post está muito inspirador.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Somos um casal que herdou uma casa em ruínas e decidiu, com as suas próprias mãos, transformá-la na casa dos seus sonhos. Decidimos criar um blog para relatar a evolução do nosso grande projecto e, sobretudo, trocar experiências com quem se debate com o mesmo desafio.
    Visite-nos em remodelaracasa.blogspot.com
    Bjs
    D&G

    ResponderExcluir